Postagem em destaque

Saúde e longevidade no século XXI

 Tudo bem que nascemos sem manual de instruções e logo de início ficamos a mercê das “regras” da família. Mas se você cresce e não está saud...

terça-feira, 20 de setembro de 2011

a importância da leitura I

Muito se tem escrito e falado sobre a importância da leitura para a formação da inteligencia como um todo das crianças e dos adolescentes. No entanto, efetivamente, pouco se tem feito na prática. Os trechos de textos nos livros didáticos são pequenos enxertos que não dão ideia nenhuma da história e, ao contrario de estimular a procura pelo texto integral, faz com que o aluno simplesmente considere que já sabe, quando não dizem que é um saco. E por quê? Imagine que ao invés de assistir o filme todo, vc visse apenas pedaços dos filmes. Não os trailer que são montados justamente para atrair o espectador, mas pedaço escolhidos ao acaso , dados como o filme integral. O que diriam nossas criança e adolescentes se a televisão picotasse os desenhos, os seriados e os filmes em pedaços aleatórios. Acho que eles acabariam não gostando nada e achando filme, seriado e outros programas mutio chato. Mas a Televisão e a industria do cinema sabe o que faz. Entretanto a industria do livro precisa de intermediários e estes não são os livreiros apenas, mas principalmente os professores e pais.

Se um pai ou mãe não leva seu filho ou filha a uma Livraria com constância a fim de incentivar a leitura, a criança e o adolescente fica deficiente. Estabelece-se uma falha na formação cognitiva, ainda que muitas multi nacionais produtores de videogames e outros enalteçam o desenvolvimento cerebral da garotada, a verdade é que o cérebro torna-se um elemento passivo recebendo imagens prontas e não tendo que formulá-las.

Por outro lado os professores vão na onda, incentivando também filmes ao invés de leituras e sem recomendar livros de literatura brasileira. Esta ficou restrita mal e porcamente aos meios acadêmicos da Faculdade de Letras. Mas ainda assim, nem sempre a recomendação é seguida a risca, porque hoje se tem acesso pela internet de resumos e mais resumos de todos os livros.
Mas nem tudo estás perdido. Ainda nascem almas leitoras que gostam dos livros e do hábito da leitura. Conversando com um menino de 10 anos sobre leitura ele fez a seguinte observação: “Meus colegas não leem porque acham que o livro é chato, que é um monte de letras apenas. Eles não percebem que cada paragrafo que se lê, é uma tela de cinema que aparece na sua cabeça, e bem mais legal que os desenhos animados. Também os pais deles não leem, então não incentivam a leitura, não compram livros para eles.”

Logo, percebe-se que a sociedade e a escola são culpadas da falta do hábito de leitura em geral, o que dizer, da literatura brasileira.

(continua)